O Serviço de Transporte consiste no recebimento, movimentação e entrega de certa quantidade de gás por meio de Instalações de Transporte, nos termos de um Contrato de Serviço de Transporte.

Há diferentes modalidades com características particulares.

Para o Serviço de Transporte Firme (STF) deve haver Capacidade Disponível nas instalações e o Transportador se obriga a receber, movimentar e entregar, em base diária, a Quantidade de Gás solicitada pelo Carregador.

No Serviço de Transporte Extraordinário (STE), o Transportador também se obriga a receber, movimentar e entregar a Quantidade de Gás solicitada pelo Carregador, em base diária, mas é limitado ao prazo máximo de 1 (um) ano, podendo ser interrompido na hipótese de demanda por contratação da Capacidade Disponível na Modalidade Firme.

Na modalidade de Serviço de Transporte Interruptível (STI), o Transportador envidará esforços comercialmente razoáveis para receber, movimentar e entregar, em base diária, a Quantidade de Gás solicitada pelo Carregador, sem garantia de continuidade.

E, por fim, o Serviço de Troca Operacional (STO) é prestado pelo Transportador a um ou mais Carregadores, de acordo com as condições estabelecidas em Contrato, e se caracteriza por ser um serviço no qual o fluxo da Capacidade Contratada difere, no todo ou em parte, do fluxo físico, contribuindo para uma operação eficiente da Instalação de Transporte.